6.11.07

A saga dos sem conexão - o retorno

Certa vez contei aqui a saga que foi conseguir uma conexão de internet na Irlanda. Imaginei que depois de todo aquele suador não voltaria a ter problemas até os nossos últimos dias por aqui. Pois eis que estamos novamente na berlinda de ficar sem conexão novamente. Em parte por minha culpa e em parte por causa de umas esquisitices que insistem em aparecer por aqui.

Todos os meses a fatura da internet é debitada diretamente na minha conta corrente (19,99 Eurecas). Só que o infeliz aqui desta vez esqueceu e rapou a conta para fazer compras. Resultado: recebi um aviso que o provedor tentou cobrar a fatura e não conseguiu.

Tranquilo, pensei. Fui no banco, depositei o valor da internet e liguei para o provedor para avisar que eles já poderiam me cobrar. Só que a atendente, no melhor estilo telemarketing, avisa que agora não poderá fazer a cobrança via débito automático, só através de cartão de crédito.

Eu: - Olha, eu não gostaria de usar cartão de crédito. Dá um trabalhão transferir a grana pro Brasil e etc.

A operadora: - O senhor também pode usar seu lasercard, senhor (eu não tenho a droga do lasercard, mas a Ieda que não estava em casa, tem!)

Eu (puto): - Olha ta legal, então anota aí os dados do meu cartão de crédito.

A operadora: - Não está sendo possível realizar o débito no seu cartão senhor. O senhor não tem lasercard, senhor?

Eu (puto e agora com a pulga atrás da orelha por causa do meu cartão): - Não, minha esposa tem, mas não está em casa agora.

A operadora: - Então quando sua esposa estiver em casa o senhor pode nos contactar e pagar a sua fatura. Mais alguma coisa senhor?

Eu : - Não, obrigado.

Ou seja, eu quero pagar e os caras colocando mil dificuldades. Vai entender. Agora este talvez seja um dos últimos posts antes que cortem minha internet. Se para pagar já está sendo difícil, imagina então para religar...

1 comentários:

acir disse...

Iassou capetoso!!!!
Resolvi dar um role por aqui..